vidros
vidros

Um salto de qualidade na educação das crianças do Estado de São Paulo

publicado em 27/10/2014
compartilhe:

O Governo do Estado promove importantes avanços na Educação em São Paulo. Para dar um salto na qualidade foi criado o “Educação - Compromisso de São Paulo”, um conjunto de ações pioneiras envolvendo a família, o Estado e vários profissionais do segmento que, dentre outras ações, tratam de maneira estratégica a maior rede de educação do País, com mais de 4 milhões de alunos. A rede estadual de ensino tem cerca de 230 mil educadores, entre professores efetivos e temporários, diretores de escolas, dirigentes de ensino, supervisores, coordenadores pedagógicos e estagiários. Para ampliar o quadro de professores efetivos, o Estado realizou concurso público para contratação de 59 mil novos professores. Além de aumentar o quadro de docentes, o Governo está melhorando os salários da categoria, que também será beneficiada por um novo Plano de Carreira. Uma ação importante é a ampliação do Ensino Integral no Estado, que já conta com escolas do novo modelo de Tempo Integral. Além delas, São Paulo também conta com outras escolas que também atuam pela manutenção do aluno em sala de aula. Além da modalidade, o Estado também investe no Vence, programa que alia o Ensino Médio ao Ensino Técnico por meio de parcerias, e amplia a oferta de cursos profissionalizantes e também diminui a evasão escolar ao abrir uma possibilidade de mudança de vida a quem precisa estudar e trabalhar.Para completar o objetivo de que o aluno fique mais tempo na escola, o Governo investe no ensino de línguas junto aos estudantes da rede pública. Existem 224 Centros de Estudos de Línguas (CELs), locais onde é possível aprender inglês, francês, espanhol, italiano, alemão e até japonês. 

Creche Escola

Pensando nos pais e nas mães que precisam trabalhar fora, o investe na educação infantil por do programa Creche Escola. Desta forma, o Estado passa a contribuir de forma decisiva com os municípios, especialmente nos locais onde é mais urgente a presença do poder público.

Fonte: PORTA GOVERNO SÃO PAULO
<< voltar para a lista de notícias