vidros
vidros

Supere os seus problemas!

publicado em 02/07/2014
compartilhe:

Na vida todos terão que lidar com problemas e adversidades. Muitos em situações assim se entregam ao sentimento de desamparo, isto é, não acreditam que tenham recursos para enfrentá-los. Outros se desesperam, ou seja, não acreditam que os seus problemas têm solução ou que possam superá-los. A vida pode ser muito pesada e dolorida, porém depende muito de como encaramos a vida e as situações que são peculiares à mesma. Na verdade a vida não dói, dói como se vive. Em algum ponto da vida nos depararemos com algum problema e vamos ter que enfrentá-lo, não poderemos fugir. Jesus nos ensina a superar os problemas, as adversidades e desafios da vida com os seguintes princípios:
1. Reconheça a verdadeira dimensão do problema.
Os discípulos ao se depararem com a situação em que havia uma multidão faminta e poucos recursos para supri-la, quiseram despedir a multidão, ou seja, quiseram fugir do problema. Na situação em que estavam no meio do mar com ventos contrários começam a “ver coisas”, chegaram a ver em Jesus um fantasma!
Qual a dimensão real do seu problema? Uma solução depende da sua perspectiva. Tenha cuidado para não superestimar o problema, pois, para alguns uma simples dor de cabeça já é um câncer, dando assim uma dimensão diferente ou maior do que a real.
A sua perspectiva é importante, pois será determinante no processo de enfrentamento.
2. Saiba extrair a lições que as situações trazem em si mesmas.
Em ambas as situações o próprio Jesus compeliu os discípulos a viverem a experiência. Ele estava proporcionando uma experiência pedagógica, a fim de que crescessem com aquelas vivências. Heráclito, Filósofo pré-socrático disse: a adversidade tem o poder de desenvolver capacidades que em circunstância de prosperidade permaneceriam latentes.” Acredite, você pode sair de uma situação melhor do que quando entrou nela. Você pode sobrepor-se, construir-se positivamente. Numa dada situação de crise é possível ter ganhos que em outra não teriamos. O apóstolo Paulo escreve aos romanos dizendo: sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Certa ocasião, perguntaram a Michelangelo, pintor e escultor renascentista, como ele fazia aquelas esculturas tão belas. Ele respondeu: “Eu pego um bloco de pedra e a estátua já está dentro, eu só tiro os excessos”. Pegue aquilo que você viveu, resignifique isso, tire as lições necessárias e use-as como pedra de apoio para uma nova vida. Siga em Frente!
Se você pensa que vai ser esmagado por uma situação que esteja passando, talvez achando que não tenha mais solução, ou que tenha estragado tudo; na verdade todos nós de alguma forma já estragamos “tudo” em nossa vida. Embora devamos lamentar e nos arrepender dos nossos erros, nunca devemos esquecer que nada poderá frustrar o propósito que Deus tem com a nossa vida.
3. Busque recursos dentro e fora de si.
Jesus pede que os discípulos vejam o que têm como recurso. Jesus diz : “ Ide ver”. Também quando Pedro propõe andar sobre as águas, Jesus diz: “Vem”. Jesus sempre age a partir daquilo que temos. Ele acredita em nós. Acredite, você tem recursos pessoais, emocionais e espirituais que foram dados por Deus. Às vezes, a angustia é tanta que não conseguimos enxergar isso. Mas considere a possibilidade de existirem recursos disponíveis que estão fora de você. Muitos presos pelo orgulho não querem buscar a ajuda tão necessária. Com isso, perdem muitas oportunidades de ajuda.
Pense nisso, não toque a vida sozinho, não despreze os recursos, as ajudas que podem estar tão perto de você. Peça ajuda!
4. Lide com uma parte de cada vez
Interessante observar como Jesus lidou com a situação. Ele pede que os discípulos vejam que recursos têm, e quando 5 pães e 2 peixes são trazidos, ele pede que a multidão se assente, em grupos de 100 e de 50. Depois ele toma os pães, abençoa-os e entrega-os aos discípulos para que esses distribuam ao povo. Uma coisa de cada vez. Já notou como temos uma tendência de querermos resolver tudo rapidamente, e de uma só vez. Neste sentido temos que ser reducionistas, dividirmos a situação em partes menores e resolvê-la por partes. Assim conseguimos resolver grandes problemas. E por fim,
5. Tenha consciência de propósito e de futuro.
Jesus queria ensinar aos seus discípulos. Ele tinha algo mais a ser feito do outro lado do lago. É sempre assim, ele sempre tinha um propósito maior. O que nos dá força para superarmos as situações mais adversas é esta consciência. Viktor Frankl era médico psiquiatra e foi deportado para um campo de concentração Auschwitz em 1945. Ele disse o seguinte: “Todos os que conseguiram sobreviver ao campo de concentração tinham algo a fazer no futuro, tinham um sonho”.
Nietzsche disse: “Quem tem por que viver pode suportar quase qualquer como”.
Nós que temos a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, temos um sentido na vida, temos a vida eterna, temos razão para viver, temos uma esperança e temos muito a fazer nesta vida para a glória de Deus.
Você tem problemas? Reconheça a verdadeira dimensão do problema; saiba extrair a lições que as situações trazem em si mesmas; busque recursos dentro e fora de si; lide com uma parte de cada vez; tenha consciência de propósito e de futuro e assim supere a situação.

 

Pr. Onésimo Ferreira da Silva'

- Igreja Evangélica Avivamento Bíblico


<< voltar